Placard terá plataforma para apostar online

noticia1

 

noticia1

PLACARD ONLINE:

 

Os apostadores Portugueses estão desiludidos com o Placard. A falta de uma plataforma online é apontada como a maior falha do serviço Português de apostas, mas existem outras como:

  • Odds exageradamente baixas;
  • Poucos Campeonatos para apostar;
  • Apenas 3  modalidades (Futebol, Ténis e Basquetebol);
  • Apenas 4 mercados de apostas para Futebol (Resultado, Resultado ao Intervalo, Mais/Menos e DV) e Apenas 1 Mercado para as restantes modalidades (Resultado)

Posto isto e tendo em conta a actual conjuntura do País onde o Governo está sempre há procura de receitas para equilibrar as contas do défice, a estratégia que foi delineada para o Placard por parte de Santana Lopes e da Santa Casa da Misericórdia  poderá ter que saltar fases para que o Governo consiga lucrar com a venda de licenças para o jogo online.

A estratégia de Santana Lopes e da Santa Casa da Misericórdia :

1º Fase: após a aprovação da nova  lei do jogo online, o Governo colocou propositadamente o preço das licenças tão alto, ao ponto de não ser lucrativo para as casas de apostas que tinham o interesse  de entrar no mercado Português.
Desta forma o Placard ficou com o monopólio de apostas apresentando-se como única alternativa para apostar legalmente em Portugal, ganhando popularidade rapidamente.

2º Fase: após um período de 2-3 anos e uma familiarização com o serviço de apostas Português, o Placard teria de lançar então um site de apostas online,  tendo sempre o direito de usufruir de um período de 12 a 16 meses como única casa de apostas online em Portugal.

Após a Monopolização e Popularização total do Placard,  o Governo baixaria então o preço das licenças para dar entrada aos outros bookies (Bet365, Betfair, Betclic, Sportingbet, 10Bet, etc) e lucrar com a venda destas (licenças essas que nunca seriam nada baratas).

O que mudou:

O descontentamento dos apostadores e a necessidade do novo governo ter de arranjar novas receitas para equilibrar as contas, foram decisivas para que se apressasse  o lançamento da plataforma online e desta forma poder lucrar mais rapidamente com as licenças que pretendem vender anualmente aos outros bookies.

O primeiro passo está dado, a Santa Casa reservou o domínio “www.placard.pt” e poderá já estar a preparar o lançamento da plataforma online que no melhor dos casos será no final deste ano, inicio do próximo.

 

 

noticia1

Outro factor determinante a ter em conta é o crescimento do numero de apostadores online Portugueses, que começam aos poucos a voltar as casas de apostas online para ganhar um dinheiro extra ao fim do mês, ainda que estas não tenham licença.  A cada dia o numero de registos nas casas de apostas online está a aumentar e o Governo já confirmou não ter meios suficientes para fazer impor a lei, limitando-se apenas a requerer a estes bookies que fechem o seu website para o território nacional, processo sempre lento e demorado.

Apesar de poucas,  ainda existem casas de apostas online que operam em Portugal oferecendo chorudos bónus de registo.  Desde a duplicação do montante no primeiro depósito (SuperAposta, 1XBet e Real Deal Bet)  até um total de 200€,  a oferta de metade do valor do primeiro depósito (10Bet e Betboro) até um total de 200€ também . Para ver a tabela de casas de apostas online que operam em Portugal Clica AQUI

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Comments

comments