Youtubers na mira da justiça por causa de casas de apostas ilegais.

artigo

Num artigo da Renascença divulgado ontem, vários youtubers nacionais foram apanhados a promover e apostar em casas de apostas ilegais sem licença para operar em Portugal.

Punível até 5 anos de prisão, a prática é crime e um incentivo “perigoso” ao jogo, dizem especialistas. Youtube bloqueou alguns vídeos, após contacto da Renascença um dos sites deixou de estar disponível em Portugal. São sites ilegais de apostas, promovidos, nos últimos meses, por alguns dos youtubers mais influentes em Portugal, como Sirkazzio, Wuant, Windoh e Tiagovski.

Lê o artigo completo no site da Renascença.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail